top of page

CNI critica Moraes e defende corte de IPI.

Reportagem de Rafaela Gonçalves

"O impasse sobre o IPI se arrasta desde maio, quando os primeiros decretos sobre o assunto foram suspensos. O ministro Alexandre de Moraes atendeu a um pedido do partido Solidariedade, que argumenta que o decreto prejudica a competitividade da Zona Franca, cujos produtos têm isenção de IPI. “A queda de braço é entre a bancada do Amazonas, que quer proteger a Zona Franca e a CNI, que defende a redução de IPI para o país todo”, explicou a economista e professor de MBAs da Fundação Getulio Vargas (FGV), Carla Beni, que afirmou que o setor produtivo ainda pode recorrer contra a decisão de Moraes."


Para ler a matéria na íntegra, faça o download abaixo:

Correio Braziliense 12082022 IPI
.pdf
Fazer download de PDF • 309KB

留言


bottom of page