top of page

Urubus e Jabuticabas

Urubus e Jabuticabas


Nós economistas estamos acostumados a sermos chamados de chatos, pessimistas, negativos e outros adjetivos do gênero. Vocês tem razão. Confesso que somos mesmo. Todavia, abaixo uma lista dos últimos dados macroeconômicos. Acompanhem comigo:


O déficit fiscal do governo central, R$ 10 bilhões no mês de setembro/2013, foi o pior para este mês desde o início do Plano Real.


Os benefícios da previdência subiram 13% entre janeiro e setembro deste ano e as despesas com o seguro desemprego quase 18%. Tomando por base uma inflação anual de 6%, fica aí a diferença cada vez mais acentuada. Se o desemprego nunca esteve tão baixo neste país ( 5,4% em setembro) como pode o desembolso descabido no seguro desemprego? Mais uma jabuticaba para se explicar…


O crescimento econômico não sai da faixa dos 2% ao ano, logo, a receita é menor que a despesa.


As concessões e benefícios fiscais para assegurar a eleição pavimentam a estrada dos déficits nominais e do crescimento da dívida bruta.


Os resultados do comércio exterior brasileiro foram os piores desde 1998.


Terminaremos 2013 com a Selic na casa dos 2 dígitos…Inevitável.


Somos urubus, mas não sem razão.

Commentaires


bottom of page